Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Ponte 25 de Abril: centro interpretativo e miradouro panorânimo chegam em 2017

O 50.º aniversário da ponte 25 de Abril, que se celebrou recentemente, marca o arranque do futuro Centro Interpretativo – Experiência Pilar 7, um projeto turístico e cultural que integra um miradouro panorâmico e uma experiência sensorial, física e intelectual, em Alcântara. Prevê-se que as obras estejam concluídas em 2017.

cropped-ponte-25-abril11.jpg

 

No Centro está prevista a instalação de sinalética no exterior que permitirá ao visitante descobrir um pouco da história do projeto em grandes discos de informação presentes no chão. Também no piso 0, haverá uma receção ao visitante, loja, espaço de visita virtual e photobooth.

 

Haverá ainda espaço para “viajar” ao longo de 300 mil m3 de betão, fazendo-se a ligação à sala dos trabalhadores. Aqui, existirão projeções 360º acerca da construção e uma maquete suspensa da ponte 25 de Abril envolta num ambiente de água.

 

Será nesta sala que se fará o acesso ao elevador que levará os visitantes às salas de amarração dos cabos de suspensão da ponte e a uma outra com o chão e teto em espelhos, onde é criada a sensação de vertigem da escalada vertical da Ponte 25 de Abril. É a partir daí que se chega ao miradouro panorâmico, construído à altura do tabuleiro da ponte e que permitirá uma vista privilegiada sobre a cidade de Lisboa, em particular sobre a zona de Belém e o rio Tejo.

 

Este projeto é o resultado de uma parceria entre as Infraestruturas de Portugal, a Câmara Municipal de Lisboa, a Associação Turismo de Lisboa (que ficará também responsável pela gestão do equipamento) e a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.