Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Heróis do mar: a história dos símbolos nacionais

A poucos dias do início do Campeonato Europeu de Futebol, que curiosamente tem início no Dia de Portugal, 10 de junho, Nuno Severiano Teixeira acaba de publicar uma obra sobre o significado dos maiores símbolos nacionais, a bandeira e o hino.

19368332_bVFTB.jpeg

 

A Portuguesa, nome do hino nacional, composto por Alfredo Keil e Henrique Lopes de Mendonça, em 1890, nasce como uma marcha patriótica. E como é que a marcha patriótica se transforma em hino nacional? E, como todos os símbolos, também a história da bandeira nacional se abre sobre um duplo enigma: quais as suas origens e o seu significado? Qual a origem do cromatismo verde e vermelho e das armas nacionais?

 

A obra, intitulada "Heróis do Mar - história dos símbolos nacionais", de Nuno Severiano Teixeira responde a estas e outras questões relacionais com os símbolos nacionais e ajuda-nos aperceber porque é que o canto em uníssono de um hino pode provocar tanta emoção e patriotismo. E como é que o desfraldar de uma bandeira pode mobilizar tanta força.

 

É a nossa sugestão do dia e que a seleção nacional chegue o mais longe possível. O povo, esse, estará do e a seu lado.

image001.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.