Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

500 milhões de bacalhaus da Noruega para Portugal

Portugal é o maior consumidor de bacalhau per capita do mundo, representando, só para a Noruega, cerca de 30% de toda a sua exportação de bacalhau, fresco e, sobretudo, seco-salgado, correspondendo também a cerca de 70% de toda a importação nacional do mesmo.

bacalhau_gadus_morhua_miolo-_parte_nobre_kg_.jpg

 

Nesse sentido, numa pequena cerimónia a bordo do Veleiro Statsraad Lehmkuhl, participante da regata The Tall Ships Race, a Noruega fez questão de assinalar a entrega do que contabiliza como atingimento de 500 milhões bacalhaus exportados para Portugal, proporcionando um almoço em torno do peixe português por excelência, impossível, porém, de ser pescado em águas nacionais.
 
Nesse enquadramento, desde bacalhau cozinhado à moda norueguesa até sobremesas confecionadas à base de bacalhau, as experiências foram variadas e, em muitos casos, relativamente surpreendentes.
 
Como se sabe, Portugal importa, neste momento, em termos anuais, cerca de 27 mil toneladas de bacalhau seco-salgado e cerca de 17 mil toneladas de bacalhau fresco, o também designado skrey, representando um valor global de importações na ordem dos 180 milhões de euros anuais.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.