Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Azeite: Casa Anadia ruma à Coreia do Sul

O azeite Casa Anadia acaba de receber a primeira ordem de encomenda oriunda da Coreia do Sul, tornando-se numa das únicas marcas portuguesas de azeite presentes naquele país do Oriente.

 

azeite1111.jpg

 

A entrada no mercado sul-coreano representa um passo importante para a empresa nacional, uma vez que, «apesar de procurar qualidade, é um país longínquo e de difícil acesso. A importante viagem exploratória, o facto de estarmos há dois anos no Japão e existir já algum reconhecimento do prestígio da marca na Ásia ajudou certamente a entrar na Coreia do Sul», refere David Magarreiro, responsável de Marketing e Comercial da marca.

 

A primeira encomenda para as mesas da Coreia é composta pelos azeites Casa Anadia Private Collection e Casa Anadia Junior nutriventures e saem neste primeiro envio, entre barco e avião, as primeiras quatro mil garrafas, estando acordado chegar às 10 mil já no próximo ano.

Já provou o pão de ló de Ovar?

O pão de ló de Ovar faz parte da lista de produtos que têm o carimbo de Indicação Geográfica Protegida, uma distinção atribuída pela União Europeia.

 

DSCN0302.JPG

 

Em Ovar, a tradição da confeção do pão de ló é conhecida desde os finais do século XVII.

 

A produção local sofreu um incremento entre 1790 e 1890, uma vez que os ovarenses que trabalhavam sazonalmente nas fainas fluviais do rio Tejo - os fragateiros - levavam para Lisboa canastras de pão de ló para presentearem os proprietários das fragatas.

 

O pão-de-ló de Ovar, doce muito fofo, feito de farinha de trigo, ovos e açúcar continua, hoje, a ser a mais apreciada especialidade da gastronomia vareira.

 

Convidamos todos a provarem esta deliciosa especialidade tipicamente portuguesa.

Conhece o boi velho de Trás-os-Montes?

Pelo quarto ano consecutivo, o VINUM Restaurant & Wine Bar, localizado nas Caves Graham’s, em Vila Nova de Gaia, apresenta as Jornadas Gastronómicas do Boi Velho de Trás-os-Montes.

 

8462062_orig.jpg

 

O menu estará disponível diariamente, ao almoço e jantar, até 11 de dezembro.

 

Na base desta experiência gastronómica está a carne de excelência do boi velho de Trás-os-Montes, selecionada especialmente para o evento pelas mãos experientes de Imanol Jaca, um dos mais conceituados especialistas em carne bovina na Europa.

II Feira das Sopas em Ribeira de Pena

No dia 26 de novembro realiza-se a II Feira das Sopas, no Mercado de Cerva.

 

feira das sopas.png

 

A Casa do Povo de Cerva, com o apoio da Junta de Freguesia de Cerva e Limões e do Município de Ribeira de Pena, volta a organizar a Feira das Sopas no Mercado de Cerva, com vista à preservação e projeção da herança cultural cervense, na sua tradição gastronómica, no poder do associativismo e no bem-estar de toda a comunidade.


A abertura de portas será às 17h00 e as sopas começarão a ser servidas às 18h00.

 

Entre sopas poderá ainda apreciar produtos da região e assistir a um espetáculo musical.

Fundão recebe 2.º Congresso do Bombo

Irá realizar-se, nos dias 25 e 26 de novembro, n’ A Moagem – Cidade do Engenho e das Artes, no Fundão, o 2º Congresso do Bombo, onde o bombo será o elemento central e aglutinador.

Capturar.JPG

 

Este congresso internacional articula a reflexão e a intervenção concreta, convoca a investigação, as ciências e os cientistas, mas também as administrações públicas (central e local), os criadores, os artistas e tocadores, os construtores de instrumentos, os professores e educadores artísticos e os agentes culturais em geral.

 

De forma a potenciar os estudos e conhecimentos relacionados com esta manifestação cultural, o Município do Fundão irá organizar o 2º Congresso do Bombo, com o objetivo de proporcionar «um espaço de permuta de conhecimentos de diferentes atores, investigadores, projetos e organizações oriundos de distintos territórios e geografias de saberes que operam no domínio da precursão tradicional, prática e ancestra».

 

Para iniciar este congresso, irá realizar-se, no dia 25 de novembro, às 18.00h, em Lavacolhos, a inauguração da requalificação museológica da Casa do Bombo.

Festival do Bacalhau regressa a Ponte de Lima

De 25 a 27 de novembro, Ponte de Lima promove a VI edição do Festival do Bacalhau.

 

bacalhau 22.jpg

 

O evento convida a degustar um prato típico e que outrora era muito comum nas feiras quinzenais como iguaria, preservando-se até hoje essa rica tradição gastronómica que alimenta os que aqui vêm feirar.

 

Além da degustação do fiel amigo, nas suas mais variadas formas, o Festival do Bacalhau promove uma venda de bacalhau seco, produto muito procurado nesta altura do ano, face à proximidade do Natal, proporcionando ao público uma maior oferta de variados tipos de bacalhau.

 

O programa inclui vários momentos atrativos, desde Mini Chefs; Showcooking “Bacalhau – as novas tendências” com o Chef Daniel Pinheiro da EPPL; Showcooking com o Chef Hélio Loureiro, que confecionará “Lombinho de bacalhau com arroz de bacalhau feito com as  barbatanas e aromatizado com coentros e tomate seco” e ainda “Açorda de bacalhau com lombinhos crocantes”; Estátuas Vivas com figuras premiadas a nível nacional e internacional; noite de Fados entoada por Cláudia Duarte, Diogo Aranha e Patrícia Costa; e ainda provas de vinhos e arruadas de bombos e concertinas.

 

Confira o programa:

 

Sexta, 25 de novembro

18h00 Abertura Oficial

Animação Musical – Rusga “Os Amigos de Arcozelo”

20h00 Animação Musical - II Encontro de Tocadores de Concertina

 

Sábado, 26 de novembro

10h00 Abertura

15h00 Workshop infantil: “Mini Chefs – Biscoitos e Chocolates” (inscrição gratuita e obrigatória)

17h Prova de Vinhos da Casta Loureiro de Ponte de Lima

17h00 – 20h00 Estátuas Vivas “O Mar e a Pesca”

19h00 Showcooking “Bacalhau – Novas Tendências” – Chef Daniel Pinheiro, Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima

20h00 Animação Musical – Mickael Akordeon

22h00 Noite de Fados: Cláudia Duarte, Diogo Aranha, Patrícia Costa

Acompanhados por:

Filipe Rebelo na Guitarra Portuguesa e José Elmiro Nunes na Viola

24h00 Encerramento

 

Domingo, 27 de novembro

10h00 Abertura

11h Prova de Vinhos da Casta Loureiro de Ponte de Lima

12h00 Arruada pelo Grupo de Bombos S. Tiago Maior de Poiares.

15h00 – 17h00 Estátuas Vivas “O Mar e a Pesca”

16h00 Showcooking Chef Hélio Loureiro:

  • Lombinho de bacalhau com arroz de bacalhau feito com as  barbatanas e aromatizado com coentros e tomate seco”.
  • Açorda de bacalhau com lombinhos crocantes”.

18h30 Sorteio do Bacalhau - sorteado entre todos os que votaram nas estátuas vivas

22h00 Encerramento

Vila Real celebra 15 anos de Douro - Patrimónimo Mundial da Humanidade

A cidade de Vila Real acolhe a 14 de dezembro as comemorações do 15.º aniversário da elevação do Alto Douro Vinhateiro (ADV) a Património Mundial da Unesco, disse à Lusa fonte ligada à organização.
 

0546.jpg

 

 
Foi a 14 de dezembro de 2001 que o Douro foi inscrito na lista do Património Mundial da Humanidade, na categoria de Paisagem Cultural Evolutiva e Viva. 
 
«Vila Real é porta do Douro, entrada privilegiada para esta região classificada, e é para nós uma honra, um gosto, comemorar aquilo que é uma data marcante e simbólica para toda a região» afirmou à agência Lusa o presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos.
 
O autarca referiu que a classificação pela Unesco, conquistada há 15 anos, «permitiu avançar na transformação do território».
 
«Ainda não temos tudo o que queríamos, é verdade que esta classificação também implicou responsabilidades, nomeadamente na capacidade de mexer no território em termos urbanísticos, de construção e de cuidado com o território, mas julgo que é inegável que foi um fator positivo», frisou.

Pista de gelo coberta regressa a Elvas até 15 de janeiro

A maior atração de inverno da cidade de Elvas regressa ao Coliseu Comendador Rondão de Almeida, com a instalação da pista de gelo coberta até ao dia 15 de janeiro.

 

Capturar.JPG

 

A pista de gelo de 800 metros quadrados abre oficialmente ao público no dia 25 de novembro e mantém-se até dia 15 de janeiro de 2017.

 

Pelo nono ano consecutivo, a pista de gelo tem sido uma aposta da Câmara Municipal de Elvas com o objetivo de «agregar diversas áreas, como o desporto, o lazer e a música, assim como contribuir para a satisfação e realização da população, através da implementação e dinamização de equipamento de animação e lazer».

 

«Este evento é uma forma eficaz de atrair dezenas de milhar de pessoas à cidade, sobretudo nas áreas do comércio e restauração, uma vez que cerca de 75 por cento dos utilizadores deste equipamento, são pessoas oriundas de fora do concelho de Elvas», revela Nuno Mocinha, presidente da Câmara Municipal de Elvas.

 

A pista de gelo vai funcionar nos dias úteis, das 16.00 às 21.00 horas e aos fins-de-semana e feriados, das 10.00 às 21.00 horas. Encerra para manutenção das 13.30 às 14.30 horas todos os dias.

 

Nas oito temporadas anteriores, a pista de gelo registou uma afluência de mais de 430 mil patinadores, o que justifica a aposta da autarquia nesta diversão direcionada para todas as idades.

“Retiros Corporativos” ajudam a combater sazonalidade nos Açores

Com o lançamento dos “Retiros Corporativos”, a Power2Blossom, empresa com experiência em coaching e formação executiva, prevê contribuir para o combate à sazonalidade turística nos Açores.

 

setecidades-800.jpg

 

«Trata-se de um programa personalizável onde equipas e executivos desenvolvem treino de competências, autoconhecimento e treino experiencial num local que facilita os insights transformadores: os Açores», adianta a empresa, em comunicado.

 

E acrescenta que «tendo em conta os calendários e a disponibilidade das equipas empresariais e dos executivos, é na chamada “época baixa” (outubro a maio) que estas iniciativas corporativas se desenrolam pelo que se apresentam como uma opção que contribui para um maior equilíbrio para o turismo regional, complementando a época forte do turismo de lazer».

 

«Os Açores revelam-se um espaço privilegiado para estes “Retiros Corporativos”. Além de serem um destino fortemente inspirador, em termos de infraestruturas – transporte, estadia, restauração e atividades locais – possuem uma oferta diversificada e com qualidade que permite criar experiências de formação verdadeiramente memoráveis. Também o turismo de lazer será beneficiado uma vez que a beleza natural dos Açores tem um impacto positivo, levando a que as pessoas envolvidas nesta atividade, se proponham voltar num regime pessoal, com família e amigos», considera a Power2Blossom

 

Luísa Vasconcelos, CEO da Power2Blossom, explica porque decidiram lançar estes “Retiros Corporativos”: «ao longo dos últimos anos, tem sido cada vez maior o número de sessões de treino de competências que temos vindo a fazer fora 'de sala'. A psico-geografia é muito relevante uma vez que o ambiente pode condicionar ou desenvolver insights. Esse feedback contínuo e a nossa experiência no trabalho que temos desenvolvido foi-nos levando a estruturar um conceito onde o cenário pudesse atuar como interveniente ativo nos resultados dos processos de coaching e de formação, e os Açores são o cenário perfeito para isso».

 

Na estrutura dos “Retiros Corporativos”, a Power2Blossom inclui treino de competências, numa perspetiva mais executiva, e treino experiencial, para desbloquear o potencial criativo e de insights pessoais. Estes 'módulos’ são sempre personalizados de acordo com os objetivos de cada cliente e resultam de um trabalho conjunto com a Academia Fale Menos – Comunique Mais Carla Rocha.

 

Hotel Royal Garden, Azores Airlines, Futurismo, Autatlantis, Barriga de Freira, Herdade do Cebolal e Adega Virtual são os primeiros parceiros locais a aderir a esta iniciativa.

 

«Tem sido propósito do grupo SATA levar a cabo a missão de apostar em novas iniciativas e oportunidades para os Açores enquanto companhia aérea e ajudar com novas ideias que contribuam para o desenvolvimento do turismo, tal como acontece com a iniciativa da Power2Blossom, no que diz respeito ao turismo corporativo», explica Ana Cabral Rodrigues, Diretora de Marketing e Comunicação do Grupo SATA, sobre esta parceria.

Festival do Salmonete de Setúbal até 4 de dezembro

Duas dezenas de restaurantes de Setúbal apresentam ementas especiais no Festival do Salmonete, a realizar entre 19 de novembro e 4 de dezembro, evento que inclui uma sessão de cozinha ao vivo no último dia, na Casa da Baía.

 

salmonete_cartaz.jpg

 

Os restaurantes envolvidos no certame gastronómico, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal com o apoio das empresas Lallemand e Makro, servem receitas tradicionais deste peixe, nomeadamente o salmonete grelhado, bem como propostas inovadoras.

 

Antóniu’s, Baluarte da Avenida, Cantinho dos Petiscos, Casa do Mar, Convés, Copa d’Ouro, Estuário do Sado, Ferribote e Mar Azul Snack-Bar são alguns dos estabelecimentos que participam no Festival do Salmonete.

 

Fazem também parte desta iniciativa os restaurantes Novo 10, Petisqueira O Manuel, Rebarca, Ribeirinha do Sado, Rius Vip, Saveiro, Solar do Marquês II, Taberna Típica O Pescador II, Tasca do Xico da Cana, Tasca Kefish e Verde e Branco.