Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Turismo e Património com 10 milhões para startups

Capturar.JPG

 

As candidaturas ao programa «+Património +Turismo», promovido pela sociedade de capital de risco Portugal Ventures e pelo Turismo de Portugal para estimular o nascimento de startups e de novos negócios associados ao turismo e à valorização do património cultural e natural do país, decorrem até ao final de julho. Com um valor global previsto de 10 milhões de euros, o programa «+Património +Turismo» vai analisar e avaliar as candidaturas submetidas, podendo realizar investimentos até ao montante máximo de 500 mil euros por projeto.

 

 

Norte: cultura e património com €8,2 milhões

se_catedral_braga_rr145970dd.jpg

 

Ao todo são cinco os projetos apresentados pela Direção de Cultura do Norte ao Programa Operacional Norte 2020, num investimento total de 8,2 milhões de euros, e que visam valorizar a cultura e o património daquela região do país.

 

«Rota das Catedrais do Norte de Portugal», «Mosteiros a Norte», Castelos a Norte», «Igreja de Santa Clara do Porto» e «Dias do Património a Norte» são os projetos que tiveram aval e que vão permitir a sua dinamização, divulgação e consequente fruição por parte do público.

Concelho de Castro Verde quer ser Reserva da Biosfera da UNESCO

Três entidades vão candidatar o concelho de Castro Verde, no distrito de Beja, a Reserva da Biosfera da UNESCO, por ser um «ecossistema humanizado de alto valor natural», anunciou o município.

 

amb1.jpg

A candidatura à classificação Reserva da Biosfera da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) «tem por base o facto de o concelho ser um “ecossistema humanizado de alto valor natural”, fruto de um trabalho contínuo de há várias décadas», explica a Câmara de Castro Verde, num comunicado enviado à agência Lusa.

 

Segundo a autarquia, uma das três promotoras da candidatura, o trabalho permitiu obter «resultados ao nível da preservação da biodiversidade e dos valores naturais, culturais e paisagísticos, que conferem ao concelho uma diversidade única e específica» e tem «visado encontrar formas de valorizar, incrementar e divulgar o território, contribuindo para o desenvolvimento local».

 

Além da autarquia, a candidatura envolve a Associação de Agricultores do Campo Branco e a Liga para a Proteção da Natureza (LPN), num processo que começou em 2013 e tem contado com «um forte envolvimento da comunidade e entidades do território», refere o município.

 

A câmara municipal informa que, atualmente, está a concluir o dossiê de elaboração da candidatura e já aprovou, na sua mais recente reunião, o respetivo formulário, o qual está disponível para consulta no sítio oficial da autarquia na Internet, em www.cm-castroverde.pt 

Lisboa: Street Food Festival regressa à Portela

O Jardim Almeida Garrett, em Loures, vai ser palco da 2ª edição do Portela Street Food Festival. Uma iniciativa que promete trazer, além de comida de rua, muita música e animação num ambiente ao estilo vintage.

13510907_1799168210314687_4986002790942378240_n.jp

 

De 7 a 10 de julho, o Jardim Almeida Garrett, na Portela, servirá de parque de estacionamento para motas piagio e carrinhas Volkswagen “pão de forma” de street food.

 

O evento, que se estreou o ano passado no mesmo local, está de volta com 15 food trucks, todas nacionais, e conta com uma novidade: o estilo vintage que irá invadir o espírito do festival. Organizado pela Junta de Freguesia de Moscavide e Portela, a iniciativa tem já confirmada a presença da banda Lucky Duckies, com interpretações de clássicos que nos farão transportar para os salões dos casinos de Las Vegas, das décadas de 50 e 60.

 

Para saber mais informações sobre o festival, visite a página oficial do evento em facebook.com/PortelaStreetFoodFestival/.

Há uma associação que defende a cerâmica portuguesa. Sabia?

Muitos talvez não saibam mas Portugal tem uma Associação que defende a cerâmica nacional. Designada por Associação Portuguesa das Cidades e Vilas Cerâmicas (AptCC), esta é uma entidade constituída para a defesa, valorização e divulgação do património cultural e histórico cerâmico, e que promove o intercâmbio de experiências entre os associados, nomeadamente a nível da conservação do património.

Capturar.JPG

 

A AptCC foi fundada pelos municípios de Alcobaça, Aveiro, Barcelos, Caldas da Rainha, Ílhavo, Mafra, Montemor-oNovo, Óbidos, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Tondela, Viana do Alentejo, Viana do Castelo e Vila Nova de Poiares. 

 

Para o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Paulo Inácio, «esta associação desempenhará um papel fulcral no reforço e potenciação da indústria da cerâmica, a qual tem uma tradição ancestral no concelho de Alcobaça.

 

Pela quantidade de municípios que congrega e que representa centenas de empresas e milhares de trabalhadores, penso que esta estrutura será uma importante estrutura de apoio e divulgação da cerâmica nacional à qual temos todo o orgulho em nos associar».

Pág. 6/6