Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Museu do Açúcar reabre no Funchal

O Museu 'A Cidade do Açúcar', no Funchal, reabriu esta segunda-feira, após seis anos de obras motivadas pelo temporal de 20 de fevereiro de 2010 tendo o presidente do município considerado o momento o «fechar de uma ferida».

acucar_larga5000.jpg

 

O acervo do museu reabilitado apresenta não só o espólio da Casa de João Esmeraldo, que traduz a importância do Funchal no ciclo do açúcar, mas também obras do Solar D. Mécia e do Colégio dos Jesuítas.

 

O processo de reabilitação, a cargo da Câmara Municipal do Funchal, representou um investimento de 150 mil euros.
O Museu A Cidade do Açúcar foi inaugurado a 15 de junho de 1996, no espaço onde antes se erguia a casa manuelina de João Esmeraldo - flamengo que se instalou na Madeira no final do século XV para produzir e negociar açúcar.

Gouveia propõe 'Hub Criativo' para fixar jovens

A instalação de um 'Hub Criativo' em Gouveia, que proporcione condições para a fixação de jovens naquele concelho do distrito da Guarda, é o projeto proposto pela comunidade local à Iniciativa para a Economia Cívica.

hub.jpg

 

«Pretende-se pois, instalar em Gouveia um 'Hub Criativo', que proporcione condições para a fixação de jovens criativos, que contribuam para a emergência de novos produtos e serviços, reinventando a história, ou seja, introduzindo no saber-fazer tradicional processos de inovação, que contribuam para o aumento da competitividade do concelho», disse à agência Lusa fonte do grupo de trabalho criado para o efeito.

 

O grupo de trabalho criado em Gouveia abrange o município, a Associação de Desenvolvimento Rural da Serra da Estrela, a Associação de Beneficência Popular, o Agrupamento de Escolas, a Escola Profissional, a Agência para o Desenvolvimento de Negócios, Paulo Mota (empresário) e Sérgio Cipriano (representante do movimento de cidadania de Gouveia).

 

Açores: turismo subaquático é a nova atração na Graciosa

A última década assistiu ao ganhar de expressão do turismo subaquático no município de Santa Cruz, o único da Graciosa, nos Açores, sendo atualmente uma fatia importante da atividade turística da ilha, onde ainda há muito potencial por explorar.

gra.JPG

 

«Não temos muitos operadores de mergulho na ilha, mas há uma procura enorme», afirma José Ávila, da Associação Graciosense de Promoção de Eventos (AGRAPROME), citado pela Lusa, que organiza, desde 2004, eventos relacionados com o turismo subaquático na Graciosa.

 

Atualmente, são sobretudo os portugueses que procuram o mergulho na ilha Graciosa, mas com a divulgação que tem sido feita em feiras internacionais o destino é cada vez mais conhecido no estrangeiro.

Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso inaugurado em Chaves

O novo Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, em Chaves, é inaugurado hoje, 4 de julho, às 20h30.

macna2_1_980_2500.png

 

Orçado em cerca de 8 milhões de euros, financiados a 85% por fundos comunitários, este espaço, obra do arquiteto Álvaro Siza Vieira, reúne o espólio do artista da terra, Nadir Afonso, retratando-o como pintor, mas também como filósofo. A Câmara Municipal de Chaves pretende que o museu coloque a cidade na rota do Turismo Cultural e seja «um contributo importante para a preservação de uma das mais relevantes coleções de artes plásticas portuguesas».

 

O Museu vai abrir as suas portas ao público no dia 8 de julho, Dia do Município de Chaves, data em que todos os cidadãos poderão, de forma gratuita, visitar entre as 10h00 e as 24h00 o espaço museológico e a exposição, “Nadir Afonso – Chaves para uma Obra”.

Alho: um aliado da vida saudável

transferir.jpg

 

O alho é um medicamento milenar, uma espécie de remédio tradicional das nossas avós. Mas atualmente inúmeros cientistas de todo o mundo interessam-se pelos seus componentes para investigar todos os seus segredos.

 

Entre as suas múltiplas virtudes podemos citar os efeitos protetores do sistema cardiovascular, a eficácia na prevenção de determinados tipos de cancro, as propriedades antivirais e antibacterianas, a influência benéfica sobre o sistema imunitário.

 

Hoje damos a conhecer-lhe "O alho poderoso", uma obra de Alix Lefief-Delecourt. Uma obra à venda em Portugal a partir de 8 de julho e onde o leitor pode descobrir os benefícios deste produto tão utilizado na cozinha portuguesa.

 

 

 

Vimeiro recria Mercado Oitocentista

De 15 a 17 de julho, o Vimeiro, no concelho da Lourinhã, vai viajar até ao século XIX através da iniciativa “Recriação Histórica & Mercado Oitocentista”.

bv21agosto1808-4.png

 

Durante três dias, quem passar pelo Vimeiro poderá assistir a várias atuações de teatro de rua, participar em workshops e visitas guiadas, entre muitas outras atividades.

 

No Mercado Oitocentista os visitantes irão relembrar ou ficar a conhecer os vários ofícios da época como a carpintaria, forja, lavagem de lã, moagem do trigo e tosquia de ovelhas.

 

As ruas do Vimeiro vão também encher-se de muita cor e animação, com um grupo de animadores que irá representar diferentes personagens da época, como o Rei e a Rainha, fidalgos, infantes e bobos da Corte.

 

Alguns dos momentos mais esperados são a encenação da Ceia Real, a realizar na sexta-feira, dia 15, às 20H30 no recinto do Mercado Oitocentista; as recriações históricas da Batalha do Vimeiro “O Assalto à Igreja” no dia 16 às 21H30 e a “O Campo de Batalha” no dia 17 às 12H00.

 

A entrada é gratuita.

 

A Batalha do Vimeiro foi travada no dia 21 de agosto de 1808 entre o Exército Francês, comandado por Junot, e o Exército Anglo-Luso, sob o comando de Sir Arthur Wellesley, futuro Duque de Wellington. Uma batalha decisiva que colocou fim à Primeira Invasão Francesa. Junot perdeu cerca de 2000 homens, entre mortos, feridos e prisioneiros e o exército anglo-luso cerca de 700.

Pousadas de Portugal apostam em piqueniques de mãos dadas com a História

As Pousadas de Portugal acaba, de lançar mais uma iniciativa que, em tempo de verão, acaba por ser irresistível: um piquenique ao sabor das regiões.

6 lugares gratuitos para fazer piquenique no Rio.j

 

Assim, durante os meses de verão, a Pousadas de Portugal disponibiliza um piquenique com produtos autênticos da região, convidando a viver momentos inesquecíveis, em família, a dois ou entre amigos, em locais únicos que contam a História do nosso país.

 

O piquenique é composto por uma tábua de queijos e enchidos, uma variedade de salgados como croquetes, empadas, rissóis, e bolinhos de bacalhau, uma seleção de pães para acompanhar com manteigas e compotas, pastelaria típica variada e fruta da época, servindo uma garrafa de vinho (ou espumante) e água.

 

As crianças (dos quatro aos 12 anos) têm à sua disposição uma proposta diferente que inclui uma sanduíche, uma fatia de bolo, fruta, sumos néctar e água. Disponível em cinco Pousadas de Portugal - Mosteiro de Guimarães, Serra da Estrela, Pousada Vila Pouca da Beira, Convento de Arraiolos e Palácio de Estoi – o piquenique está disponível todos os dias, entre as 11h00 e as 18h00, pelo preço de 35 euros por cabaz para duas pessoas.

 

Para as crianças há uma sugestão especial pelo preço de 10 euros, incluindo a oferta de um livro da Porto Editora.

Melancia à prova em Idanha-a-Nova

É das frutas de verão mais apreciadas em Portugal. Para quem gosta dela, é ir ao Festival da Melancia do Ladoeiro, em Idanha-a-Nova, nos dias 23 e 24 de julho.

melancia.jpg

 

O papel de “rainha” do Festival está entregue à Melancia do Ladoeiro. O evento é organizado pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e pela Junta de Freguesia do Ladoeiro. A iniciativa insere-se na estratégia do Provere Beira Baixa e é cofinanciada pelo Portugal 2020, no âmbito do Centro 2020, e pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

CR7: primeiro hotel do craque português abriu portas no Funchal

pestana-cr7-funchal-pool-01-636028080899193975-106

 

Cristiano Ronaldo não é só um dos melhores jogadores do mundo. É, entre tantas outras coisas, uma marca mundial. Enquanto o internacional português anda por terras francesas a tentar levar o nome de Portugal ao primeiro lugar do Euro 2016, por cá, decorreu a 1 de julho, a abertura oficial da primeira unidade Pestana CR7, uma data muito esperada por todos os fãs de ambas as marcas.

 

Com o pontapé de saída desta parceria, na cidade do Funchal, a escolha da primeira localização é simbólica para os dois líderes deste projeto - Dionísio Pestana e Cristiano Ronaldo.

 

O Pestana CR7 Funchal, no Porto do Funchal (Avenida Sá Carneiro/Praça do Mar), é um lifestyle hotel, dedicado em especial aos millennials e, por isso, com forte componente digital, com o conceito SO-ME-MO (Social Media Mobile).

 

A marca Pestana CR7 Lifestyle Hotels prevê a abertura de quatro unidades: Porto do Funchal, Baixa de Lisboa, Gran Vía de Madrid e Nova Iorque (perto de Times Square).

 

No total são cerca de 500 quartos, localizados em quatro destinos icónicos e de reconhecida sustentabilidade turística. Ao Pestana CR7 Funchal segue-se a unidade de Lisboa, com abertura prevista para o terceiro trimestre deste ano. Madrid e Nova Iorque são projetos a concretizar em 2017. 

 

Com estas novas aberturas, o Pestana Hotel Group ultrapassa a fasquia das 90 unidades em 15 países, consolidando a sua estratégia de internacionalização. A sociedade é detida em partes iguais, mas cabe ao Pestana Hotel Group a gestão operacional do negócio. O investimento global nas quatro unidades será de 75 milhões de euros.

Festival da Sardinha em Setúbal

sardinhassada.jpg

 

A sardinha assada volta a estar em destaque nos restaurantes de Setúbal, entre 9 e 24 de julho, no âmbito de um evento gastronómico que inclui, no último dia, uma sessão de cozinha ao vivo, na Casa da Baía.

 

Ao longo de duas semanas, a sardinha assada, eleita uma das 7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal, é o prato principal em 25 restaurantes da cidade, numa organização da Câmara Municipal de Setúbal, com os apoios das empresas Makro e Lallemand. 

 

O Festival da Sardinha, uma das iniciativas associadas à gastronomia com grande tradição na cidade, constitui mais um incentivo de promoção dos produtos regionais e de dinamização da restauração local.