Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Restaurante Vindouro promove entrudo em Lazarim

Ciente da importância das tradições e de as manter vivas, o restaurante Vindouro apoia um dos entrudos mais tradicionais do nosso país, o Entrudo de Lazarim, que volta a sair às ruas entre 25 e 28 de fevereiro.

Restaurante Vindouro.jpg

 

Os festivaleiros podem deliciar-se com o prato tradicional preparado pelo restaurante Vindouro: milhos em carne de vinha de alhos e grelos.

 

O prato mencionado tem um custo de 27 euros para duas pessoas. Recomenda-se reserva através dos  números 961 422 784 ou 254 401 698.

 

Conhecido pelos seus populares caretos, esculpidos em madeira de amieiro, o Entrudo de Lazarim é uma representação única de encenações antigas da cultura portuguesa.

 

Mais uma vez, são esperados milhares de visitantes, para verem a desfilar as máscaras diabólicas e carrancudas, fruto de um trabalho muito minucioso e paciente de artesãos locais que lutam para preservar a memória histórica das suas gentes.

 

O ponto alto do Entrudo de Lazarim é, sem dúvida, a leitura dos testamentos da comadre e do compadre na terça-feira de Carnaval. Neste dia, tapam-se os ouvidos aos mais sensíveis, pois é o momento das verdades guardadas durante todo o ano se fazerem escutar, uma missão a cargo de dois jovens, vestidos de negro, que, desenrolando lengalengas, criticam os rapazes e as raparigas da terra. Mas, regra de ouro, só os solteiros podem criticar e ser alvo de chacota.

 

Após os testamentos serem pronunciados, há espaço para a realização de um cortejo até ao local onde o casal, representado por bonecos, é queimado simbolicamente. No final, para encerrar as comemorações do Entrudo é oferecido caldo de farinha e a feijoada, ao som de uma intensa animação musical.