Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Ovar: bicicletas em madeira com toque de modernidade

Na rua Zagalo do Santos, em Ovar, João Baptista dá vida a um conceito que alia tradição e modernidade. Das suas mãos nascem autênticas preciosidades de duas rodas, feitas em madeira, com selo clássico, e onde cada pormenor conta. A empresa, Mud Cycles, dedica-se à construção de bicicletas, «com formas e estética únicas, e executadas numa combinação de peças recuperadas com outras manufaturadas de raiz».

bicicletas_ovar06 (1).jpg

Texto: Ana Clara | Fotos: João Baptista

 

A aventura de lançar a Mud Cycles nasceu em 2011, na altura, um projeto virado para o restauro de mobiletes e bicicletas antigas. À medida que a empresa foi evoluindo, explica João Baptista, foi abandonando os restauros para se «dedicar exclusivamente à criação de produtos originais. Sempre achei o processo criativo bastante mais motivador do que o simples restauro de objetos antigos»», diz. 

 

A construção de bicicletas de madeira foi uma aposta que surgiu em 2013. E explica por que decidiu encetar este negócio: «sempre adorei trabalhar em madeira e achei um desafio muito interessante aliar isso à minha paixão pelas duas rodas». João refere que inicialmente «foi um processo complicado» já que «era difícil as pessoas entenderem o que eu tinha idealizado mas, logo após a criação dos primeiros protótipos, a reação do público foi incrivelmente positiva». 

 

Os critérios na construção de qualquer produto da Mud Cycles passam sempre pelo «uso dos melhores materiais aliados a um design exclusivo e cuidado, ou seja, não descoramos em ponto algum a qualidade e o design do produto», esclarece. Outro fator-chave para o sucesso «é o conforto» e, deste modo, «todos os produtos são testados exaustivamente para garantir que tudo está perfeito para ser comercializado e garantir assim, a satisfação do público». 

 

«Em relação à matéria-prima, sempre que possível damos prioridade a produtores e empresas nacionais desde que nos garantam os padrões de qualidade por nós exigidos. Nem sempre é fácil conseguir tudo o que precisamos em Portugal mas esforçamo-nos ao máximo para que isso aconteça», afirma João Baptista. 

 

O modelo de madeira Mud Wood é um dos exemplos das peças que saem das mãos deste empreendedor. A abordagem que faz na conceção do produto «é a da criação de uma peça de design completamente funcional e resistente às mais duras condições climatéricas e de uso diário». 

 

«Um dos grandes problemas que vemos em muitas peças de design, é não serem funcionais nas aplicações do dia-a-dia. Com isto em mente, todo o desenho do produto está idealizado para ser usado no nosso quotidiano mas mantendo sempre o design exclusivo que já nos é reconhecido», sublinha. 

 

No que respeita às bicicletas clássicas da Mud Cycles, João combina peças restauradas com peças manufaturadas de raiz, sendo que «o objetivo não passa apenas por polir um objeto antigo, mas também por dar-lhe uma vida que nunca teve e ao mesmo tempo que respeitamos as suas linhas clássicas damos sempre o nosso toque pessoal, originando assim modelos únicos e originais». 

 

Quem queira comprar algum produto pode fazê-lo na oficina de João, em Ovar, e na loja Mercado 48, no Porto.

 

Saiba mais aqui.