Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Portugal à Lupa

Há 13 anos a calcorrear o País como jornalista, percebi há muito que não valorizamos, como devíamos, o que é nosso. Este é um espaço que valoriza Portugal e o melhor que somos enquanto Povo.

Exposição "A cidade global - Lisboa no Renascimento"

A exposição, patente até abril no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, pretende reconstituir o coração de Lisboa no período do Renascimento, e tem como ponto de partida duas pinturas representando a Rua Nova dos Mercadores, a principal artéria comercial da Lisboa dos Descobrimentos, que corresponderia à atual Rua do Comércio.

 

Capturar.JPG

 

Estas obras, do final do século XVI, foram comprados em 1866 pelo pintor e poeta pré-rafaelita Dante Gabriel Rossetti, e presentemente pertencem à Kelmscott Manor Collection – Society of Antiquaries of London, no Reino Unido.

 

A mosta reúne 249 peças provenientes de instituições e coleções privadas, tanto nacionais como estrangeiras, entre as quais se encontram o British Museum e o Pitt Rivers Museum (Reino Unido), o Museu Nacional do Prado (Espanha), a Biblioteca da Universidade de Leiden, (Holanda), ou o Museo Nazionale Preistorico Etnografico “Luigi Pigorini”, (Itália).

 

As obras estão organizadas em torno de seis núcleos - “Vistas de Lisboa: contexto histórico”, “Novas novidades”, “De África”, “Às compras na Rua Nova”, “Animais dos outros mundos” e “A casa de Simão de Melo”. 

 

A exposição apresenta ainda Lisboa como um entreposto onde se encontram curiosidades, bens de luxo e animais exóticos.